Mitos da Sociedade da Informação

Robert Darnton, professor e bibliotecário na Universidade de Harvard escreveu um artigo no The Chronicle of Higher Education  sobre os mitos/equívocos associados à  Sociedade da Informação.  Decidi pegar nesses mitos e ilustrá-los com exemplos nacionais:

1. O livro morreu: por cá, Miguel Freitas da Costa, por ocasião do início da 81.ª Feira do Livro de Lisboa, fala de um novo tipo de leitor que lê mais livros;

2. Entrámos na era da informação: Luís Mira Amaral refere que a Sociedade da Informação é a 4.ª revolução da informação. A 1.ª foi a invenção da escrita na Mesopotâmia seguida da invenção do livro escrito na China e Gutenberg é o responsável pela 3.ª revolução. Cada era é da informação, à sua maneira.

3. Toda a informação está disponível na Internet: uma visita rápida aos depósitos e salas de leitura das nossas bibliotecas rapidamente deita este mito por terra…

4. As bibliotecas são instituições obsoletas: a vivacidade da Rede Nacional de Bibliotecas Públicas e da Rede de Bibliotecas Escolares exterminam esta afirmação.

5. O futuro é digital: no caso particular da nossa indústria livreira, recomendo a leitura do artigo Magnatas dos livros: os três grupos que dominam a edição da revista NS’ do Diário de Notícias de 23 de Abril de 2011. O futuro digital do livro em Portugal ainda parece estar a uma grande distância. O mesmo já não acontece lá fora, com os dispositivos Kindle e Nook, entre outros. A oferta de livros electrónicos por parte das editoras portuguesas* é, ainda, muito reduzida.

E vocês, acrescentariam mais alguns mitos a esta lista?

AMARAL, Luís Mira (2007) – A sociedade da informação. In COELHO, José Dias, coord. – Sociedade da informação : o percurso português : dez anos de sociedade da informação : análise e perspectivas. Prefácio de Jorge Sampaio. Lisboa : Sílabo. P. 86-92.

DARNTON, Robert (2011) – 5 myths about the information age. The chronicle of higher education [Em linha]. [Consult. 28 Abr. 2011]. Disponível  em WWW: < http://chronicle.com/article/5-Myths-About-the-Information/127105/>.

* Parece que as editoras Babel e LeYa inovaram na 81.ª Feira do Livro de Lisboa, segundo este artigo do Público, mas ainda não tive oportunidade de visitar.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Sociedade da Informação com as etiquetas , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s